A Constituição da NAOS

A Constituição estabelece os fundamentos de um novo modelo social e avançado.

A

A Constituição é um modelo oficial que estabelece um novo modelo de administração, com a ambição de transcender os esquemas capitalistas tradicionais.
Concebida e escrita em 2011 por Jean-Nöel Thorel, a Constituição estabelece as regras da NAOS e os princípios operacionais com respeito pelos seus valores.
É suposto permitir:
– o crescimento sustentável da NAOS e da sua missão,
– a inovação das marcas da NAOS,
– a implementação de acções que revelem o potencial humano,
– a diversificação no campo do Cuidado Humano.

A Constituição é uma carta de regras e princípios que presidem a todas as decisões relativas às quatro missões mencionadas.

illustration naos

O seu propósito último é assegurar a longevidade e o desenvolvimento das actividades da NAOS, através do crescimento sustentável.

Representada na administração da NAOS pelo Presidente Jean-Nöel Thorel, juntamente com Céline Nebout e Alexandre Dhuiège, estabelece o processo de tomada de decisão para a nomeação de diferentes autoridades no seio da companhia e para a realização de investimentos importantes.

"Ao enfrentar os desafios cada

vez mais urgentes do nosso

mundo, decidi ir mais além e

dar uma dimensão social

ao nosso trabalho colectivo,

ao criar uma base de

accionistas que assegure

a longevidade e

o controlo da NAOS."

Jean-Noël Thorel